Desporto

Maratonista queniano Lawrence Cherono suspenso por sete anos

Maratonista queniano Lawrence Cherono suspenso por sete anos

[[{“value”:”

O fundista de 35 anos, 12.º maratonista mais rápido da história, com um recorde pessoal de 2:03.04 horas em 2022, teve um controlo positivo a trimetazidina, um medicamento utilizado para a prevenção de anginas de peito. A sua deteção ocorreu em 23 de maio de 2022, em teste fora de competição.

“A AIU suspende Lawrence Cherono por sete anos a partir de 16 de julho de 2022 (início da suspensão provisória) pela presença/utilização de substância proibida e manipulação ou tentativa de manipulação em controlo antidoping”, refere o comunicado da organização, hoje divulgado.

Por essa situação, é castigado em quatro anos, mas acrescem outros quatro por ter prestado falsas declarações e ter apresentado documentos fraudulentos para justificar o resultado positivo, explica a AIU. A esse total de oito é subtraído um ano, por admissão e aceitação da sanção.

Cherono, quarto nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, em 2021, não pode competir até julho de 2029.

A AIU, responsável pelos testes e inquéritos antidoping no atletismo desde 2017, denunciou em abril de 2023 um sistema de dopagem de larga escala no país africano, “cada vez mais bem organizado”, com o “envolvimento de pessoas detentoras de experiência médica”.

Leia Também: Oficial: Proscrito de Amorim no Sporting continua carreira no Chipre

“}]]Manadeira : Notícias ao Minuto – Desporto  

10 Julho 2024

Comments are closed.