Politica

"Governo coloca Estado a engordar e devolve muito poucochinho"

O líder do Grupo Parlamentar do Partido Social-Democrata (PSD) reagiu, esta segunda-feira, às medidas apresentadas pelo ministro das Finanças em matéria fiscal e de apoios às famílias, considerando o social-democrata que este “é um Governo que coloca o Estado a engordar e devolve aos portugueses muito poucochinho desse valor”.

Se é certo que Fernando Medina anunciou um desagravamento do IRS, Joaquim Miranda Sarmento realçou que esta medida “já estava no programa do Governo”, sendo que o mesmo “foi feito em dezembro de 2021”, antes “deste processo inflacionista e de um aumento absolutamente histórico da receita fiscal”.

“É um Governo que apesar de continuar a arrecadar cada vez mais impostos – e vai continuar a arrecadar cada vez mais impostos – só devolve aquilo que já previa no seu programa eleitoral de dezembro de 2021, pelo que é um Governo que coloca o Estado a engordar e devolve aos portugueses muito poucochinho desse valor“, disparou o social-democrata.

Aos jornalistas, desde o Parlamento, Miranda Sarmento aproveitou para relembrar que o PSD “foi apresentando, nomeadamente na proposta de Orçamento de Estado para 2023, propostas de redução de IRS”. Propostas estas que “foram chumbadas pelo PS”.

“Por isso, este exercício hoje feito pelo ministro das Finanças é mais um exercício de propaganda e mistificação. Saudamos a reversão do corte das pensões, relembrando que foi a oposição do PSD que permite hoje aos pensionistas ter essa vitória“, concluiu o líder da bancada ‘laranja’, recolhendo o mérito pela reversão anunciada por Fernando Medina do corte previsto de mil milhões de euros nas pensões.

O Governo apresentou, esta segunda-feira, o Programa de Estabilidade 2023-2027, que serviu para atualizar o cenário macroeconómico desta janela temporal. Pela voz do ministro das Finanças, o Executivo explicou como será feita a atualização das pensões em 2024 e anunciou que o Conselho de Ministros vai reunir-se para aprovar novos apoios para as famílias.

Está planeado um briefing do primeiro-ministro, ainda esta segunda-feira, onde serão detalhados os apoios destinados às famílias.

Leia Também: Governo vai corrigir e atualizar pensões de forma integral em 2024

Fonte : Notícias ao Minuto – Politica  

17 Abril 2023

Comments are closed.