Politica

"A raiva de Costa a Marcelo entalou Centeno", diz Duarte Marques

"A raiva de Costa a Marcelo entalou Centeno", diz Duarte Marques

Duarte Marques considerou, esta segunda-feira, que “a raiva” do agora primeiro-ministro demissionário, António Costa, ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, “entalou” o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno.

Para o antigo deputado social-democrata, “o caso Centeno não existia” se António Costa não tivesse confirmado, em declarações aos jornalistas junto à sede do Partido Socialista, no Largo do Rato, que tinha proposto a Marcelo o nome de Mário Centeno como seu sucessor na liderança do Governo.

“A raiva de Costa a Marcelo entalou Centeno. Sem aquela revelação à porta do Largo do Rato o caso Centeno não existia. Costa amigo da onça, despachou Escaria, Centeno e Lacerda”, escreveu Duarte Marques numa publicação divulgada na rede social X (antigo Twitter).

A raiva de Costa a Marcelo entalou Centeno. Sem aquela revelação à porta do Largo do Rato o caso Centeno não existia. Costa amigo da onça, despachou Escaria, Centeno e Lacerda.

— Duarte Marques (@DuarteMarques) November 13, 2023

De realçar que, depois da revelação de Costa, Mário Centeno afirmou, em declarações ao Financial Times, no domingo, que “recebeu um convite” do Presidente da República e de António Costa para ponderar a possibilidade de ocupar o cargo de primeiro-ministro.

Estas declarações geraram polémica e levaram o chefe de Estado a emitir um comunicado, na madrugada desta segunda-feira, no qual negava ter convidado quem quer que seja para chefiar o Governo ou autorizado qualquer contacto para este efeito. Face ao sucedido, o governador do BdP corrigiu-se e esclareceu que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,  não o “convidou para chefiar o Governo”.

De realçar que a Comissão de Ética do Banco de Portugal, responsável por avaliar um eventual conflito de interesses do governador da instituição gerado pelo convite do primeiro-ministro, vai reunir-se hoje à tarde.

A reunião extraordinária de hoje surge após as críticas dos partidos políticos ao convite a Mário Centeno.

Leia Também: “O senhor Presidente da República não me convidou para chefiar o Governo”

Fonte : Notícias ao Minuto – Politica  

13 Novembro 2023

Comments are closed.